Informativo Semanal

boletim-sivamar3010a04112017.png
 

 

Sábados

 

O Sivamar lembra que em novembro o comércio abrirá até as 18 horas no segundo e no último sábados, dias 11 e 25, respectivamente, e não no primeiro e segundo como ocorre todos os meses. A mudança se dará em função da realização da tradicional liquidação Black Friday. Para as empresas que abrem até as 18 horas todos os sábados, fazendo rodízio de colaboradores, a regra segue inalterada.

 

comercio-de-rua.jpg

 

 

 

Eleições Sivamar

 

Na próxima terça-feira, dia 7, o Sivamar realiza em sua sede, às 18h30 em primeira chamada, uma Assembleia Geral Extraordinária para dar início ao processo de eleição da nova diretoria do sindicato. Na assembleia, será eleita a Comissão Eleitoral, com seis integrantes, bem como o presidente da comissão. A votação ocorrerá no dia 23 de janeiro de 2018, das 9 às 17 horas, na sede do Sivamar. A partir do dia 7 de novembro será aberto prazo de dez dias corridos para o registro de chapas concorrentes à eleição. A relação de documentos necessários para a inscrição de chapas consta de edital publicado na imprensa e também pode ser retirada na secretaria do sindicato.

 

 

 

Supermercados

 

Também na terça-feira, a partir das 19h30, será realizada outra Assembleia Extraordinária, esta com o segmento de supermercados e empresas de comércio varejista de gêneros alimentícios. Na pauta estão a ratificação do Termo de Compromisso e Acordo celebrado entre o Sivamar e o Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios, Mercados, Minimercados, Supermercados e Hipermercados do Estado do Paraná (Sindimercados); o reconhecimento da criação e da representatividade desta nova entidade sindical; a desistência de ações judiciais e administrativas por parte do Sivamar que questionem a fundação, existência ou representatividade do Sindimercados. Mais informações pelo telefone (44) 3026-4444.

 

 

 

Moda sustentável

 

A sustentabilidade é um tema que vem se destacando em diversos setores da economia. Muitas empresas têm adotado um posicionamento mais sustentável como forma de pensar no planeta e garantir a permanência no mercado. Apesar de a moda e a sustentabilidade parecerem conceitos antagônicos, visto que a moda é uma indústria de consumo, muitas empresas vêm buscando reduzir os impactos inerentes à atividade propondo estilos e tendências que prolonguem o uso das peças. Isso sem falar no incentivo a escolhas conscientes em relação aos fornecedores e ao uso racional dos recursos naturais na produção. Essas atitudes imprimem nas peças e na marca um posicionamento “eco-friendly”, elevando o negócio a um patamar em que as pessoas têm comportamentos sustentáveis no momento do consumo.

 

 

 

Consumidor

 

Segundo o Relatório de Inteligência Sebrae Moda, a consciência sustentável está crescendo também entre os consumidores de diversas marcas. As pessoas não querem se privar do conforto, mas estão cada vez mais exigindo que a marca produza peças sustentáveis e atrativas. Diante deste novo posicionamento do consumidor, segundo o relatório, surgiram três vertentes da chamada “eco fashion, a Moda Sustentável, a Moda Ética e a Moda Consciente. Essas novas vertentes colocam em questão a consciência do consumo e propõem compras mais racionais, opção por marcas que praticam a ética e a sustentabilidade na cadeia produtiva.

 

 

 

10 milhões de pessoas

 

Este é um nicho em crescimento e que abre oportunidades para o varejo. Segundo dados do Instituto Akatu, organização não governamental que trabalha pela conscientização e mobilização da sociedade para o consumo consciente, a moda sustentável é voltada para 5% da população brasileira. Ou seja, para quase 10 milhões de pessoas que se preocupam em realizar um consumo menos prejudicial ao meio ambiente. Segundo o Sebrae, esse mercado no Brasil é explorado por alguns estilistas renomados, por pequenas empresas e novos nomes que percebem uma oportunidade nessa nova tendência do consumidor.

 

 

 

Prêmio Innovare

 

O projeto “Visão de Liberdade”, realizado na Penitenciária Estadual de Maringá (PEM) e administrado pelo Conselho Comunitário de Segurança de Maringá (Conseg) com apoio de órgãos e entidades, é um dos finalistas do Prêmio Innovare deste ano – mais importante premiação da Justiça brasileira. Entre as 710 práticas inscritas, 12 foram selecionadas e concorrem nas categorias Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia e Justiça e Cidadania. O “Visão de Liberdade” é finalista na categoria Justiça e Cidadania.  Os projetos vencedores serão divulgados em 5 de dezembro durante cerimônia de premiação no Supremo Tribunal Federal.

 

 

 

Deficientes visuais

 

Desde 2004, detentos da PEM confeccionam livros digitados para impressão em braille, livros falados, materiais em relevo, maquetes e jogos adaptados, entre outros materiais que são encaminhados para os alunos cegos de escolas públicas. O material é distribuído em 127 municípios do Paraná atendidos pelo Centro de Apoio Pedagógico para Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual (CAP). Até este ano, já foram produzidos pelos detentos custodiados na penitenciária mais de 84 mil materiais didáticos em relevo, 453 livros e 54 apostilas digitados, 126 livros falados e 12 apostilas - com tiragem de 175 cópias cada. Além dos municípios atendidos pelo CAP, o projeto envia materiais para todo o Brasil, inclusive para uma biblioteca pública da cidade de Sobreda, em Portugal.

 

 

 

Certificado Digital

 

Certificado Digital e e-CNPJ a preços especiais. Este é um dos novos serviços que o Sivamar está oferecendo a seus associados. O Certificado Digital é o documento eletrônico que garante validade jurídica às transações online e a troca virtual de documentos. Já a versão digital do CNPJ permite à pessoa jurídica realizar operações na internet em nome da empresa. Este certificado é vinculado à Receita Federal e deve ser emitido para o representante legal da empresa cadastrado neste órgão.

banner---certificado-digital.png

 

 

 

Mais segurança

Com o Certificado Digital e o e-CNPJ é possível assinar a escrituração contábil e fiscal da empresa; assinar notas fiscais eletrônicas; aderir ao Cadastro Positivo; obter o GED (Gerenciamento Eletrônico de Documentos); disponibilizar procurações eletrônicas; acessar serviços exclusivos do governo, como SPED, CAGED, e-CAC, entre outros. São produtos que trazem maior segurança para as transações das empresas. Para obter mais informações, é só ligar para (44) 3026-4444.

 
salão-eventos-sivamar.png
 

Voltar