Informativo Semanal

 
boletim-sivamar02a07102017.png
 

Dia da Criança

O valor do presente do Dia das Crianças será maior neste ano. Foi o que apontou a sondagem feita pela Fecomércio PR, que indicou que o tíquete médio será de R$79,53. Em 2016, o valor médio foi de R$ 75,00. No entanto, os paranaenses estão menos propensos a presentear no próximo dia 12 de outubro. Neste ano, 57,6% dos consumidores presentearão uma ou mais crianças. Em 2016, 62% pretendiam presentear e em 2014 a intenção de compras chegou a 82%. De modo geral, o valor do presente contribuirá para compensar a redução na intenção de compra, o que deve manter as vendas praticamente no mesmo patamar do ano passado.

dia-das-crianças.png

 

Tipos de presente

Os brinquedos vêm em primeiro lugar na preferência para 55% dos entrevistados, seguidos de sapatos e roupas, com 25%. Eletrônicos como tablets, celulares e videogames representam 8% das intenções de compra. Para não gastar além do planejado, os entrevistados sinalizam que não devem estar acompanhados dos pequenos no momento da compra. Em 78,4% dos casos, os próprios adultos escolherão o que comprar, sem deixar a decisão por conta das crianças.

 

Formas de pagamento

A maioria dos consumidores ouvidos (48%) afirmou que pretende pagar pelo presente à vista, em dinheiro. Outros 20% disseram que o pagamento será no vencimento do cartão de crédito e 16% no cartão de débito. Apenas 16% devem parcelar a compra no cartão de crédito e 1% ainda não decidiu qual será a forma de pagamento. O comércio de rua será o local preferido para as compras, sendo que 33% dos consumidores pretendem comprar em lojas no centro da cidade e 28% em lojas de bairro. Os que preferem fazer suas compras em shoppings centers representam 23%. Já os que planejam comprar pela internet chegam a 10%. Outros 3% devem optar pelo comércio informal e 1% fará a compra do presente em hipermercados.

 

Boa notícia 1

A confiança dos empresários brasileiros subiu 1,3 ponto em setembro, registrando 87,3 pontos. Com a terceira alta consecutiva, o índice atinge o maior nível desde dezembro de 2014 (87,6 pontos), segundo a Fundação Getulio Vargas, que realiza a pesquisa. De acordo com analistas da instituição, esse resultado indica que a recuperação da economia está ganhando força apesar do clima desfavorável no ambiente político. Em setembro, a confiança dos empresários avançou em todos os grandes setores. A maior contribuição para a alta no mês foi dada pelo comércio (0,6 ponto), seguida pelo setor de serviços (0,5 ponto). A indústria e a construção contribuíram com 0,1 ponto cada. Além disso, a confiança aumentou em 67% dos 49 segmentos pesquisados.

 

Boa notícia 2

As vendas totais no varejo brasileiro (excluídas as de automóveis e materiais de construção) cresceram 3,3% em agosto em comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo o indicador SpendingPulse, da Mastercard. Este é o quarto avanço consecutivo. Na média, houve expansão de 3% nos últimos três meses comparados ao mesmo período do ano passado, expansão maior do que a observada no segundo trimestre, de 1,1%. E a expectativa é que este ritmo de melhora gradual nas vendas se mantenha nos próximos meses, diante da tendência de queda do desemprego e de um ganho sutil na massa salarial do país. 

 

Sul é destaque

Supermercados e artigos farmacêuticos são os setores que registraram desempenho superior ao indicador total de agosto, assim como móveis e eletrodomésticos, que são categorias dependentes de crédito. Já os segmentos de artigos de uso pessoal e doméstico, vestuário e combustíveis tiveram desempenho abaixo da média de 3,3%. O setor de e-commerce subiu 19,2% no mês. O principal destaque foi a região Sul, que avançou 4,5%, enquanto, no Sudeste, o crescimento foi de 3,5% e, no Norte, de 3,3%. As regiões Nordeste e Centro-Oeste tiveram crescimentos menores, de 2,6% e 0,5%, respectivamente.

 

Campanha do Brinquedo

Foi aberta nesta segunda-feira a 9ª Campanha do Brinquedo do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR. Com o tema “A felicidade de uma criança não tem preço, tem solidariedade”, a ação se estende até 11 de dezembro e conta com a realização dos sindicatos filiados à entidade, entre eles o Sivamar, além do Instituto GRPCOM e RPC. O Exército Brasileiro atua como parceiro da campanha. As doações podem ser feitas nos postos de arrecadação distribuídos nas unidades de serviço do Sesc e do Senac PR, em 32 cidades do Paraná, assim como nas empresas parceiras do comércio de bens, serviços e turismo do estado e sedes da Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios (CMEG) e sindicatos filiados.

 

Novos e usados

Brinquedos novos e usados (em boas condições) serão aceitos para doação, e serão destinados a crianças atendidas pelas instituições sociais que participam do programa. Além dos realizadores, a campanha conta com o apoio do jornal Gazeta do Povo, Tribuna do Paraná, Rádio Mundo Livre FM, Rádio 98 FM, Caminhos do Paraná, CCR Rodonorte e URBS. Desde o início da campanha em 2009, foram arrecadados 313.234 brinquedos, que beneficiaram 785 instituições sociais em todo Paraná. Em 2016, 56.144 brinquedos foram destinados a 131 instituições diferentes. Mais informações no telefone 0800 643 6346.
 

carta-aviso-scpc---comercial.png

Voltar